Angola e os EUA definem cooperação estratégica

angla e eua

1 de Agosto, 2016

Fotografia: Maria Augusta

Angola e os Estados Unidos da América abordam hoje, em Washington, questões ligadas à cooperação bilateral, no quadro do “Diálogo de Parceria Estratégica” entre os dois países.

A reunião decorre no Departamento de Estado americano e tem como  objectivo reforçar as relações político-económicas existentes e dar sequência ao acordado sobre a parceria no sector energético.
A delegação interministerial angolana é chefiada pelo ministro dos Petróleos, José Botelho de Vasconcelos, e é integrada pelo ministro da Energia e Águas, João Baptista Borges, pela secretária de Estado da Cooperação do  Ministério das Relações Exteriores, Ângela Bragança, e pela directora para América do mesmo ministério, Teodolinda Coelho.
A Embaixada de Angola nos Estados Unidos indicou, em comunicado, que, no encontro, são   analisadas novas áreas de interesse consideradas estratégicas pelo Executivo angolano, na sequência da segunda sessão do diálogo bilateral no domínio dos petróleos e energia e águas, encontros esses que acontecem regularmente entre ambos os países.
O programa de trabalhos da delegação angolana inclui também a realização, amanhã, de uma mesa redonda sobre energia, organizada conjuntamente pela Câmara de Comércio EUA-Angola e a instituição americana Atlantic Council. Participam nos  encontros  os embaixadores de Angola nos EUA, Agostinho Tavares, e dos EUA em Angola, Helen La Lime, além de funcionários seniores dos ministérios dos Petróleos e da Energia e Águas e diplomatas em missão em Washington. Angola apresenta o plano estratégico no sector da Energia, destacando a regulação do sector eléctrico. A oradora é a directora nacional  do Gabinete de Energias Renováveis, Sandra Cristóvão. O país deve ainda falar sobre “Modelos de quadros reguladores da área energética, reforço de capacitação de quadros”, tema a ser apresentado pelo director nacional de Electrificação Rural e Local, Serafim Silveira.No mesmo dia, mas no período da tarde, o ministro da Energia e Águas faz uma apresentação sobre o quadro energético em Angola e a estratégia do país até 2025. O Ministério da Energia e Águas também foi convidado a participar num fórum “Rentabilidade energética e as oportunidades de investimento em Angola”, que se realiza amanhã.

Parceria Estratégica

Angola e os Estados Unidos assinaram em 2010 um acordo para a criação de uma comissão bilateral intitulada Diálogo de Parceria Estratégica. O acordo visa levar as relações entre Luanda e Washington para um nível mais elevado.
Angola tornou-se assim no terceiro país africano com quem os Estados Unidos têm aquilo que Washington chama de uma parceria estratégica. Os outros dois são a África do Sul e a Nigéria.Angola foi, no ano passado, o oitavo fornecedor de petróleo aos Estados Unidos e é o segundo maior produtor de petróleo em África, atrás da Nigéria. Para além disso, Washington considera que Angola ocupa uma posição geográfica importante de acesso à África Central e Austral e também próxima do Golfo da Guiné.

 

http://jornaldeangola.sapo.ao/politica/cooperacao_estrategica_discutida_em_washington

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s